Cineclube Antônio das Mortes: traços da atividade no Brasil

Autores/as

  • Marina da Costa Campos

Resumen

Resumo: Este trabalho apresenta um breve panorama do movimento cineclubista no Brasil, de suas origens até o final da década de 1980, no intuito de compreender como o Cineclube Antônio das Mortes se insere no contexto desta atividade no país. Tal cineclube promoveu sessões de filmes, debates e produções cinematográficas entre os anos de 1977 e 1987, na cidade de Goiânia. O estudo pretende apontar algumas características do funcionamento do cineclube goiano e discutir de que forma este participa e se relaciona com o histórico do movimento no Brasil.

Palavras chave: Cineclubismo, Brasil, Cineclube Antônio das Mortes.

Abstract: This paper offers an overview of the art film club movement in Brazil from its inception to the late 1980s in order to understand how the Cineclube Antônio das Mortes (CAM) compares within the context of the film club activity of the period. The study highlights CAM's significant contributions, such as the promotion of film screenings, debates and film productions between 1977 and 1987 in the city of Goiânia, and discusses its place within the history of the art film club movement in Brazil.

Keywords: Artfilm club, Brazil, Cineclube Antônio das Mortes.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Marina da Costa Campos

Marina da Costa Campos é mestranda em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Atualmente, é colaboradora da revista ]JANELA[ e participa do grupo de pesquisa Cinema e Comunicação do Programa de Pós-Graduação em Imagem e Som da UFSCar, e também do grupo de estudos sobre história e crítica do experimental na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP).

Descargas

Publicado

12-12-2021

Cómo citar

da Costa Campos, M. (2021). Cineclube Antônio das Mortes: traços da atividade no Brasil. Imagofagia, (08). Recuperado a partir de http://asaeca.org/imagofagia/index.php/imagofagia/article/view/580

Número

Sección

Pasados